Boitel JBS

Aproveite os benefícios da engorda intensiva para melhorar os indicadores da fazenda

Boitel  foi criado para que os pequenos e médios pecuaristas que não possuem estrutura própria de confinamento tenham opção para terminar seus lotes em cocho, aproveitando os benefícios da engorda intensiva para melhorar os indicadores da fazenda, como taxa de lotação e giro mais veloz do estoque. O acerto ocorre somente após o abate dos animais, não havendo necessidade de qualquer desembolso anterior a esta etapa por parte do pecuarista. Também é disponibilizado antecipação de recebíveis, antecipação do frete do gado magro, reembolso das mortes no manejo e trava de preços.

Localização

  • Castilho-SP com capacidade estática de 50.000 bovinos
  • Lucas do Rio Verde-MT com capacidade estática de 21.000 bovinos
  • Nova Canaã do Norte-MT com capacidade estática de 10.000 bovinos
  • Guaiçara-SP com capacidade estática de 13.000 bovinos
  • Terenos-MS com capacidade estática de 7.400 bovinos

Modalidade de Negócio

Diária a preço fixo

Parceria de engorda

@ produzida

Ração por quilo

Modalidades

Diária a preço fixo

O pecuarista paga pelas diárias. Serão observados raça, peso inicial, sexo e condição corporal. (machos fora do padrão, uma faixa acima $)

Parceria de engorda

Equipe do confinamento faz aparte dos animais. O animal é pesado na entrada; pecuarista receberá 50% de RC (pesagem feita na fazenda) ou 51% de RC (pesagem feita no confinamento).

@ Produzida

O pecuarista paga pelo total de @ produzidas. Peso de gancho no frigorífico, menos peso de entrada no confinamento com 50 % de rendimento.

Ração por quilo

O pecuarista paga os Kg de ração que o animal consome, controlado pelo TGC, mais o custo fixo operacional.

Paga algum prêmio (SISBOV/Europa)?

Premiações extras (Europa, Hilton, Protocolos de Qualidades, etc.) estão correlacionadas diretamente ao mercado, e serão repassadas ao Parceiro conforme a negociação.

Quais os tipos de animais?

Animal padrão nelore/anelorado e cruzamento industrial (machos inteiros, machos castrados e fêmeas).

Quais os insumos da dieta?

Silagem de Milho, milho, farelo de soja, caroço de algodão, torta de algodão. núcleo mineral e melaço de soja. Dieta alto grão (predominância do concentrado/grão sobre o volumoso).

Quantos animais por baia?

100 animais por baia.

Quem "paga" pelas mortes ou rejeito de cocho?

As mortes são de responsabilidade do Boitel JBS (animais que apresentem boa sanidade e boa condição corporal no desembarque). O pecuarista recebe o valor da média do lote no peso de entrada com rendimento de 50% no acerto do lote após o abate.

Como funciona o frete?

O custo do frete é calculado de acordo com a localização entre a planta do Confinamento e a fazenda do produtor, podendo o sistema custear toda ou parte da despesa.

E quanto ao manejo sanitário?

O Custo do Manejo Sanitário é de responsabilidade do Boitel JBS. Medicações extras só podem ser feitas com autorização do pecuarista e o valor será descontado na apuração do resultado, após o abate.

Qual o prazo de pagamento no frigorífico?

A vista 3 dias úteis ou a prazo com 30 dias após a data do abate. Escolha do pecuarista na assinatura do contrato. A vista - Coluna 1 ou a prazo Coluna 4 respectivamente, Praça CEPEA do dia do Embarque.

Vantagens para o pecuarista

  • Não existe desembolso financeiro imediato
  • Despesas descontadas no abate: Alimentação / Frete / Sanidade
  • Mortes e rejeito de cocho são absorvidos pelo Boitel JBS
  • Preferência na escala de abate
  • Padronização de procedimento
  • Acompanhamento Nutricional
  • Relatórios completos por curral
  • Bem-estar e conforto animal
  • Aumento da lotação (UA/ha)
  • Aumento do desfrute (Kg/ha/ano)
  • Aumento do faturamento (R$/ha)